Letras Insanas


21/07/2011


Mundana

 


 

Amores a mil

Flamenco febril

Bailado burlesco

Em todas as camas

Em todos os becos

 

Delícias

Delírios

Doces

Delitos

 

À meia luz

Entre cetins

À luz do dia

Ao som de clarins

 

Adorável mundana

Mulher

Profana

Plena

Dona de si

 

 

 

Escrito por Kássia Reis às 14h05
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

22/02/2010


Insano Poeta

Insano poeta que derrama sua dores,seus amores

Que verseja sem pudores!

Trovador inconformado,rebeldia desmedida

Voz dos renegados!

Insano poeta maldito

Que destila inconvenientes verdades

Dilacera,rasga o peito

Mas não se cala, jamais se verga

Insano poeta que chora

Que grita aos quatro ventos

Que morre a cada verso

E em seguida renasce!

Liberdade!

Desvairado poeta

Como invejo sua insanidade!

 

 

 

Escrito por Kássia Reis às 20h14
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

12/11/2009


Imprecisas Impressões

 Olhos,fugazes olhos

 Mentirosos,cínicos,dissimulados

 Deixa-me cega

 Com sua luz incandescente

 Paradoxo

 Luz que vem das trevas

 

 Palavras,dúbias palavras

 Não entendo suas metáforas

 Perco-me em sua ambiguidade

 Não o decifro

 Perturba-me,confunde-me

 Diverte-se

 

 Pois,então,deixa-me ir

 Livra-me das suas amarras

 

 Ou me ilumina...

 Meu amor

 

 

Escrito por Kássia Reis às 11h23
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

11/10/2009


Galhos e Lua

 

                             árvore galhos retorcidos

                                  negros sob o luar

                            emolduram o uivo do lobo

            

Escrito por Kássia Reis às 22h32
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

07/10/2009


Conexão

 

        Planava indolente

        Do alto te avistei

        Num vôo rasante te alcancei

        Enganei o vento

        Driblei as primeiras gotas de chuva

        Só para ver os teus olhos

        Límpidos

        Através da vítrea janela

        E sorver teu sorriso

        Que de tão franco

        Fez-se translúcido

 

Escrito por Kássia Reis às 12h27
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

05/10/2009


Juras de Amor

Quando cruzei com teus olhos senti-me nula

Po um instante deixei de existir

Respiraste meu ar,roubaste meu chão

Pousaste tuas mãos sobre mim,domaste meu ego,fizeste-me tua

Possuída,entregue,submissa

Irremediavelmente perdida

És meu mundo,morte e vida

És tudo,ao menos por hoje...

Pois não sei com que olhos cruzarei amanhã.

 

Escrito por Kássia Reis às 08h47
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

04/10/2009


My Guy

 

 

 

Noir cliché...

 

  Ouvia Back to Black. Ajustava a meia de seda,negra,à cinta-liga.

Olhavá-se no espelho,os cabelos negros,em cascata.Fartos.Assim

como os seios que transbordavam,insinuantes,para fora do soutien,

negro,de renda.Jogou o vestido por cima do corpo,deslizante,quase

colado,negro.Uma fenda que se estendia coxa acima e um decote

generoso.O perfume e o batom,toque final.

  O hotel e o quarto.

  Tons de cinza transitavam entre o branco e o negro onde as únicas

cores vinham da sua boca vermelha e do azul dos olhos dele.    Ele.

Sentado,esperando,sorrindo.E ela caminhou feito diva,ajoelhou sobre

o sofá,agarrou-lhe a nuca e o beijou como nunca. E seus olhos,negros,

fundiram-se no azul e ela o quis,mais uma vez. E saciou-se dele enquanto

a fria pistola esperava,inerte,na pequena bolsa.

  My guy...

  Ganhou as ruas sem o vermelho da boca que deixara nos lábios dele. E

no quarto do hotel outro tom de vermelho escorria do peito e o azul

permanecia nos olhos,abertos,sem vida.

  Back to Black.

 

Escrito por Kássia Reis às 22h51
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

02/10/2009


Instante

A água escorre pelo meu corpo

Está quente,muito quente

O calor me relaxa,conforta

O vapor confunde minhas formas

Penso em nada...

Enxaguo os cabelos,fecho os olhos

Vejo o rosto dele

Nítido,quase pulsante

Num flash,um instante

Luz refletida,imagem contida

Retida,na retina da mente...

Escrito por Kássia Reis às 19h23
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Perfil



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, Mulher, Portuguese, Livros, Arte e cultura, ecologia

Histórico